Você sabe a diferença entre calcular o preço por markup e margem de contribuição?

Publicado em 8 de agosto de 2019



Você sabe tudo o que envolve a precificação de um produto? Sabe qual é o preço mínimo que cada produto deve ter?

Markup

O markup é um índice que calcula o custo de produção e o preço de venda de um produto. Geralmente, é utilizado por administradores e leva em consideração os custos fixos e variáveis para a produção de um produto e qual a margem de lucro para obter o preço de venda.

Logo, a fórmula para calcular o markup é composta pelas variáveis: despesas variáveis, despesas fixas e margem de lucro. Assim, é possível chegar ao markup que deve ser multiplicado pelo custo de produção do produto para obter o preço de vendas para os clientes. 

Entenda melhor cada variável:

Despesas fixas

As despesas fixas são compostas de todos os gastos administrativos que envolvem sua empresa: gastos com o ponto de venda, salário dos funcionários, custo de produção, água, luz, internet etc.

Despesas variáveis

As despesas variáveis são aquelas que aumentam proporcionalmente de acordo com o crescimento das vendas. Normalmente, entre esses custos estão impostos e comissões do departamento de vendas.

Margem de lucro

O lucro é a porcentagem do valor que fica para a empresa após retirar os custos e despesas do produto. Para calcular esta margem é muito importante levar em consideração o preço final do produto para que ele não deixe de ser competitivo no mercado.

Como calcular?

É importante lembrar que o custo de produção não entra nos custos fixos nem nos variáveis, pois ele é a base do cálculo. O custo de produção deve englobar os custos com matéria-prima, mão de obra, logística ou a hora trabalhada, se você é um prestador de serviços.

Vale ressaltar que os valores de despesas fixas, variáveis e margem de lucro devem ser considerados em percentuais. Por exemplo, vamos considerar DF 10%, DV 12% e ML15%. Logo, a fórmula ficaria 100/100-(DF+DV+LP). O resultado seria o markup, que multiplica o custo de produção. A conta fica assim:

Markup = 100/100-(DF+DV+LP)

Markup = 100/100-(10+12+15)

Markup = 100/100-37

Markup = 100/63

Markup = 1,58

Se considerar que o custo de produção de um produto seja R$ 50,00. Para calcular o preço de venda é só multiplicar pelo markup. 

Preço de venda = 50 x 1,58

Preço de venda = R$ 79

Margem de contribuição

Quando se calcula a margem de contribuição, encontramos o valor do ganho bruto sobre as vendas. Este valor é referente ao montante que sobra para a empresa após pagar os custos de produção e os impostos da comercialização do produto. Esta sobra é utilizada para pagar as despesas fixas da empresa e ao lucro do proprietário.

Utilizar o cálculo de margem de contribuição é uma outra alternativa para precificar seus produtos de forma planejada. A fórmula consiste em considerar o valor das vendas e subtrair os custos variáveis e despesas variáveis. 

A diferença entre o cálculo de markup e da margem de contribuição é que esta última permite que você utilize a fórmula sobre o total de vendas, assim, permite que o gestor consiga ter uma visão sobre a necessidade de alterar seu preço para melhorar a competitividade.

Também existe a possibilidade de utilizar a margem de contribuição para saber a quantidade de vendas necessárias para chegar ao ponto de equilíbrio em determinado período.  Para aplicar a fórmula em um exemplo, considere que o custo de produção do produto é de R$ 30,00, seu preço de venda é R$ 43,00 e as despesas variáveis é de 15%. Então, as despesas são R$ 6,45. Logo, o cálculo fica:

Margem de contribuição = valor das vendas – (custos variáveis + despesas variáveis)

MC = 43 – (30+6,45)

MC = 43 – 36,45

Margem de contribuição = R$ 6,55

Após calcular a margem de contribuição, você pode fazer uma projeção de vendas para o mês e diminuir do total de despesas administrativa a margem de contribuição obtida com a venda do produto. Logo, se você tem um gasto de R$ 3 mil por mês em despesas fixas e vende 500 produtos, então, multiplique as vendas por 6,55 que é a margem de contribuição,  e chegue ao resultado de R$ 3.275. Ou seja, você está acumulando R$ 275,00 de prejuízo por mês.

Ao identificar um cenário negativo como este, é necessário optar por duas alternativas. Alterar o preço do produto ou diminuir o custo de despesas fixas ou de produção.

Se a  escolha é alterar o preço do produto, é necessário analisar a concorrência e fazer uma pesquisa de mercado. Nunca tome decisões de precificação se baseando em achismos ou intuição. É imprescindível utilizar dados reais para tomar decisões com precisão.

Qual das opções é a mais recomendada?

Muitas pessoas ficam na dúvida sobre qual fórmula optar para calcular a precificação dos seus produtos. Apesar do markup ser mais simples de calcular, a margem de contribuição consegue medir mais precisamente o percentual de lucro do produto. A falta de precisão no markup acontece porque nessa fórmula não é levado em consideração outras despesas operacionais como impostos, por exemplo.

Não corra riscos com o seu negócio ao precificar seus produtos e serviços de forma incorreta. A Predify traz dados de mercado e utiliza a inteligência de dados para identificar comportamentos e ajudar você na tomada de decisão. Deixe de gastar tanto tempo calculando custos e otimize o potencial de crescimento do seu negócio. Acesse nosso trial de 14 dias.