A Decisão pela Precificação

Publicado em 7 de agosto de 2019



Estrategia de precificacao

Destacar-se no mercado demanda de estratégias e ações certeiras. Um dos principais pontos que precisam de inteligência e planejamento é o momento de precificar um produto ou serviço. A chamada precificação é o processo que otimiza seus dados internos e externos, com o equilíbrio entre o seu preço ideal e o preço de seus concorrentes, para a maximizar a sua capacidade produtiva aliada às estratégias de vendas.

Lucro, faturamento, vendas, mercado…

O equilíbrio entre tantas variáveis se dá com o uso de fatores qualitativos. Esse conceito é o que explica a diferença entre o preço de um produto ou serviço e seu real valor no mercado. A precificação leva em conta tanto as quantias econômicas envolvidas como também o conceito e ideia que você quer vender. É nesse momento que precisa se pensar no lucro que será obtido, pois assim é possível tornar-se não apenas um líder de vendas, mas também referência em qualidade.

A precificação, então, é um processo que visa gerar uma margem mínima de preço e aumentar a competitividade do mercado. Para isso, é necessário dominar alguns pontos importantes. A demanda e o público-alvo funcionam em conjunto, o que nos remete a necessidade de conhecer o comportamento de nossos clientes. Assim, podemos traçar uma estratégia que equilibre o que o cliente pagaria com o preço que oferece lucro para a empresa.

Como fazer uma boa estratégia de precificação?

O sucesso de uma estratégia está ligado ao conhecimento básico dos custos e despesas específicos da sua empresa, que incluem:

Além desses 3 pilares, é necessário entender que a globalização nos remete a todo um universo online, que demanda de produtos digitais e organizacionais.

Sabendo os custos e despesas envolvidos, é o momento de pensar na margem de lucros. Podemos citar alguns questionamentos básicos como:

Para isso, existem métodos de precificação baseados em diferentes pontos. Quando a ideia inicial gira em torno dos custos, sejam eles variáveis, fixos, indiretos ou diretos, é necessário levar em conta a receita utilizada para tirar a ideia a ser vendida do papel somado ao lucro pretendido, de forma clara e precisa.

Quando optamos trabalhar com a demanda, o valor percebido da ideia a ser vendida é levado em conta. Nesse método, a atenção está voltada para o atendimento ao cliente, a reputação da marca e a confiança transmitida. Assim, o impacto é gerado a partir do produto ou serviço na vida do cliente e seu valor final trabalha com o equilíbrio para transformar a empresa em uma aliada do cliente.

Sempre de olho na concorrência

Quando nossa estratégia está voltada para a concorrência, é necessário segmentar públicos, analisar reações, comparar respostas,entender o mercado e o valor agregado. Só assim é possível precificar e diferenciar suas vendas. Outro ponto importante está ligado a sazonalidade do mercado – determinadas festividades e datas comemorativas são oportunidades de valorizar e remodelar a precificação do seu produto ou serviço. Essa estratégia deve se aliar ao volume de compra dos clientes, para traçar o momento certeiro de gerar promoções e diferenciais de compras (como o famoso leve 3 pague 2).

Para otimizar e garantir a margem de sucesso de sua precificação, ela deve acontecer antes da comercialização e ser aliada à ferramentas e softwares de gestão e planejamento. A Predify trabalha com uma plataforma intuitiva que reduz o tempo gasto com contas e negócios para você investir em diferenciais e recursos para a sua empresa. Faça um teste grátis e descubra.